SITE DO BLOG SOBRIEDADE

ADICTO/ATOR? MAS NÃO É BEM VERDADE?

ADICTO/ATOR? MAS NÃO É BEM VERDADE?

 

 

 BUENAS NOCHES GALERITA DEL BIÉN! 13 DE NOVEMBRO DE 2.017!

Resultado de imagem para 13 de novembro diaResultado de imagem para 13 de novembro dia

 

Não adianta apenas matar o mosquito. Não podemos deixar ele nascer. E isso depende de todos nós.

 

 

Dicas para combater o mosquito e os focos de larvas

DicasDicasDicasDicasDicas

DicasDicasDicasDicasDicas

EU TÔ ME SENTINDO UM PEIXE FORA D'ÁGUA! 

A gente não quer
Só dinheiro
A gente quer dinheiro
E felicidade
A gente não quer
Só dinheiro
A gente quer inteiro
E não pela metade......  comida - titãs 

e aí? sacaram?

Ixiiiiii!  pára de falar em sacar, senão já aparece algum político, ou alguma Instituição credora achando que é dinheiro e vão querer "tomar".

Assim falando sobre adictos/as ATORES, ATORAS, não sei porque cargas d'água, me lembrei do Genival e, decidi falar um pouquinho sobre o mesmo  e, sobre os/as intérpretes de personagens.......... você vai entender!

Mas quem é esse Genival? seria o Genival Lacerda? kkkkkkkk AFF! explico....

Lá pelos idos de 1.998, 1.999, eu voluntariava numa Comunidade Terapêutica existente aqui na cidade e escrevia alguns textos com pretensões "teatrais". Óbvio que não eram peças de teatro, mas serviam meus textos, para que representássemos e, para que aqueles que lá estavam residindo no momento, trabalhassem a desinibição, a vergonha de falar em público sem estar "chapados ou alterados químicamente", para trabalharem a timidez, enfim........

Dizem (até hoje não encontrei provas, evidências) que os Adictos possuem inteligência acima da média.

Verdade ou não, o Genival era analfabeto, não sabia ler, nem escrever, mas possuía uma capacidade de memorização elefantástica (dizem que os elefantes não esquecem né não?).

Eu tinha de ir à Comunidade, em dias alternados aos dias de ensaio, e ler as suas falas (que não eram poucas), era o personagem principal e, o cidadão memorizava tudinho. AH! à época ele tinha 16 ou 17 anos de idade.

Havia pessoas que colaboravam na Comunidade, que possuíam contatos em Londrina na Rede Paranaense de Televisão, que até arrumaram um teste para o garoto fazer quando saísse da Comunidade, tamanha era a desenvoltura que o mesmo possuía em atuar.

O problema quando se trabalha com drogadictos adolescentes, advindos de famílias com problemas estruturais (famílias desajustadas e desestruturadas) é, que consegue-se mostrar uma luz ao cidadão/cidadã, mas ao sair da internação, eles voltam para a mesma "toca de tatú" que se encontravam antes do tratamento, e aí meu amigo, minha amiga................... um abraço pro gaiteiro.

Infelizmente, nosso amigo recaiu, caiu no mundo e não tivemos mais notícias do mesmo.

Eu por minha vez, no ano de 2.000, também voltei a fazer uso de substâncias e, tive que percorrer novamente toda a Via-Crucis da Adicção Ativa, até me render novamente e, graças a Um Poder Maior que eu, graças a tanta gente que não caberia ficar citando no momento, consegui superar novamente esse período nefasto em minha vida.

Então, eu Adicto, era também um ótimo ator! excelente eu diria.

Ia do coitadinho ao maioral em questão de segundos.

Viajava do samba ao rock num estalar de dedos.

Em alguns momentos era o mauzão! em outros, o melhor homem do mundo!

Mestre em manipulações, em mentiras, em dissimulação, todas qualidades inerentes e inatas aos Adictos, mórmente em mim.

Eu pensava que era o Ator, mas na real eu só era o Palhaço.

Mas não o Palhaço que trabalha nessa nobre arte! eu era o palhaço-bobo da corte....... que achava e pensava que enganava todo mundo, mas que sómente me auto-enganava.

É isso que as drogas fazem conosco! é isso o que a drogadição ativa fez comigo!

A droga carrega tudo aquilo que temos de melhor........... carrega nossas expectativas, nossas emoções, nossos sonhos, nossos planos.

Eu me tornei uma sub-espécie humana, um ser abjeto, um nada..................

Mas (ainda bem que existe o mas), é possível voltar sim!

Mas tem que querer muuuuuuuuito! mas tem que mudar muuuuuuuuuuuuito, mas é possível voltar a sentir, voltar a sonhar, voltar a viver.

UM DIA DE CADA VEZ! SÓ POR HOJE! POR HOJE NÃO!

TÔ FORA DESSA MERDA TODA! (esse é o termo mais correto!)

VOCÊ PENSA QUE USA DROGAS....................... MAS SÃO AS DROGAS QUE TE USAM!

De qualquer forma, fica aí o alerta e o testemunho de alguém que já fez uso de todas essas parafernálias inventadas pelo homem e que convenhamos: eu era doente, ainda sou, vou carregar a doença até o final de meus dias, mas falando sério de verdade: eu era um grandissíssimo IDIOTA!

A vida tá aí, bonita de se viver! A natureza é sábia, nos fornece tudo de que precisamos! Deus nos dotou de inteligência para apreciarmos tudo o que a vida nos oferece.
Meu! cai na real! busque prazer naquilo que a vida tem prá nos oferecer de melhor, não no fundo de uma garrafa, num pózinho, num cachimbinho ou numa caixinha de medicamentos.

PRONTO FALEI!

Deixa eu falar um pouquinho sobre outros tipos de substâncias que muuuuuuuita gente anda usando e, se bobear vai ter uma enorme, mas enorme mesmo dor de cabeça prá sair..........

 

A mulherada vive tomando remédios para emagrecer, remédio prá dormir, remédio prá isso, remédio prá aquilo, sem nenhum acompanhamento médico, e isto pode virar uma bomba-relógio.

Segundo levantamento realizado pela SENAD-SEC.NAC.ANTIDROGAS,as mulheres Universitárias são recordistas na dependência por medicamentos; a taxa é de 18% do total de estudantes mulheres.

Cabe salientar mais uma vez, que o Brasil é um dos maiores consumidores mundiais de medicamentos anorexígenos a base de anfetaminas.

Segundo a mesma pesquisa, a maior parte dos consumidores são mulheres que os utilizam para fins de emagrecimento.

 

As drogas começaram a ser descobertas e utilizadas, com a finalidade de auxiliar o homem a combater doenças, mas o homem com toda sua "sabedoria" começou a utilizá-las de forma inadequada para como diz a definição da OMS modificar funções.

Hoje em dia nem tanto, mas há tempos atrás, a maioria das farmácias eram denominadas "Drogarias" ou seja, porque vendiam drogas.

Então é correto se dizer que medicamentos são drogas? Sim, é corretíssimo; algumas são sintéticas e, a maioria creio eu, extraída de plantas. Então alguns medicamentos utilizados de forma inadequada, não servem para a função a qual foram destinados e, em alguns casos criam dependência.

Vou falar específicamente das ANFETAMINAS e ANSIOLÍTICOS.

As anfetaminas são drogas sintéticas de efeito estimulante da atividade mental.

O uso clínico mais comum para as anfetaminas é como moderador de apetite e no tratamento de pacientes com Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade.

Pessoas sob o efeito de anfetaminas têm insônia, perda de apetite, ficam eufóricas e com a fala acelerada.

Anfetaminas provocam dependência; assim, o usuário tem que consumir cada vez maiores quantidades de comprimidos para obter o mesmo efeito (é a tolerância).

Aliás, como toda droga, para sentir o mesmo "barato" inicial, o mesmo efeito bom do começo, o usuário têm que consumir cada vez maiores quantidades, ou fazer a troca da substância por outra "mais forte".

É comum em pessoas que utilizam anfetaminas para perder peso, voltarem a engordar quando interrompem o seu uso.

É importante também salientar, que o uso indevido e prolongado pode provocar alterações psíquicas, lesões no cérebro e aumento do risco de convulsões e overdoses.

Então, principalmente para as mulheres com o "estigma" dos dias de hoje que mulher para ser bonita têm de ser magra, o que no meu entendimento é uma besteira total, cuidado!

Conheço inúmeros casos de mulheres que começaram a tomar anfetaminas por indicação de amigas que diziam ser ótimo para emagrecer, que emagreciam rápidamente e, que se tornaram dependentes e passaram por inúmeras dificuldades para poder abandonar essa dependência.

Todo e qualquer medicamento só deve ser utilizado mediante supervisão médica e, no caso das anfetaminas e dos ansiolíticos com maior rigor ainda.

Um dado alarmante, é que o Brasil é um dos maiores consumidores mundiais de medicamentos ANOREXÍGENOS a base de anfetaminas.

Mas como essas pessoas conseguem adquirir anfetaminas se elas têm esse poder devastador e só são vendidas mediante receituário médico?

Com o advento da Internet, pessoas inescrupulosas que só pensam em enriquecer, em ganhar dinheiro, não se importando se estão ou não prejudicando pessoas, vendem esse tipo de medicamento sem nenhum tipo de controle e, outros casos que não cabe aqui dizer.  

O que é importante mais uma vez ressaltar e salientar, que sómente deve-se utilizar esse tipo de medicamento sob supervisão médica.

A anfetamina da moda, não encontrado em farmácias, é UM PALAVRÃO: METILENODIOXIMETANFETAMINA OU ECSTASY, droga que ouvíamos falar constantemente até algum tempo atrás e, que hoje a mídia já não fala muito, mas que continua causando estrago e devastação, principalmente nas "baladas noturnas" entre os jovens.

Outra anfetamina tristemente famosa, é a METANFETAMINA OU PERVITIN, muito utilizada por caminhoneiros para poder dirigir horas e horas sem que sintam sono e, assim poder cumprir os contratos de carga desumanos e cruéis a que são submetidos.

Tenho um amigo que trabalha numa grande transportadora aqui na região que afirmou a mim o seguinte: Benatti! pervitin já era..................... agora é todo mundo no crack! chega no posto e no próprio posto já vem o abastecimento do caminhão e do caminhoneiro! não precisa nem sair da cabine! AFF !

Alguns exemplos de moderadores de apetite, cabe-se também salientar, com o intuito de levar ao conhecimento das pessoas, o perigo a que se submetem ao fazer uso desses medicamentos sem a supervisão adequada:

Substância DIETILPTOPLONA OU ANFEPRAMONA encontrada no DUALID, HIPOFAGIN, INIBEX e MODERINE.
O FENPROPOREX no DESOBESI; O MAZINDOL no FAGOLIPO e no ABSTEN-PLUS e finalmente o METILFENIDATO no medicamento RITALINA.

Por último, vou salientar outros efeitos igualmente desagradáveis e perigosos das anfetaminas tais como irritabilidade, prejuízos de julgamento, suor, calafrios, dilatação das pupilas e até convulsões.

Gostaria também de falar rápidamente sobre os ANSIOLÍTICOS que são medicamentos que têm a propriedade de atuar sobre a ansiedade e a tensão, sintomas tão conhecidos por todos no mundo de hoje.

 

Esse tipo de medicamento, é chamado, ou foram chamados de tranquilizantes antigamente, por terem a capacidade de acalmar as pessoas estressadas, tensas e ansiosas.

Também são utilizados no tratamento da insônia e, nesse caso também recebem o nome de DROGAS HIPNÓTICAS, isto é que induzem ao sono.

Os mais comuns são substâncias chamadas BENZODIAZEPÍNICOS que aparecem em medicamentos como o VALIUM, LIBRIUM, LEXOTAN e DORMONID.

Pessoas (dependentes), utilizam esses medicamentos de forma clandestina como já citado anteriormente, no caso das anfetaminas, ou seja, sem prescrição médica e, acreditam não poder mais controlar seu nervosismo a não ser a base de ansiolíticos e outras também, que não conseguem mais dormir sem fazer uso da medicação.

Existem usuários de cocaína e anfetaminas por exemplo, que fazem uso paralelo também dos ansiolíticos para diminuir a excitação e a euforia provocadas por esses estimulantes, ou mesmo para tentar dormir após muitas horas de uso dessas drogas estimulantes.

Quando utilizada por alguns meses, levam a pessoa a um estado de dependência.

Como consequência, sem a droga, o dependente passa a sentir irritabilidade, insônia excessiva, sudorese, dor pelo corpo, também, em casos extremos, apresentar convulsões.

Também nos casos do ansiolítico, acontece a tolerância ou seja, o usuário precisa de doses cada vez maiores para poder sentir o mesmo "bem estar" inicial.

Para finalizar, gostaria de frisar que os efeitos dos ansiolíticos benzodiazepínicos, são grandemente potencializados pelo uso do álcool; a mistura álcool/estas drogas, pode levar o usuário a um estado de coma.

Além desses efeitos principais, os ansiolíticos dificultam os processos de aprendizagem e memória, o que é óbviamente prejudicial para as pessoas que se utilizam desse tipo de drogas.

Como pudemos observar, as drogas não são sómente aquelas nas quais a mídia fala práticamente todos os dias; é preciso realmente informação, conhecimento e ajuda adequada para a utilização de quaisquer substâncias.

Procure um médico! não se auto-medique! isso é altamente prejudicial, perigoso e pode causar dependência o que convenhamos não é nada legal!

E TÔ INDO NESSA, PORQUE TÁ BOM À BEÇA!

 

"OLHO POR OLHO E O MUNDO ACABARÁ CEGO" Mahatma Gandhi.

MELHOR ATENDIMENTO EM COMBUSTÍVEIS DE JACAREZINHO PR.
FAÇA UMA VISITA E SURPREENDA-SE.

A FARMÁCIA DO GENÉRICO EM JACAREZINHO PR.

E OLHA SÓ QUE LEGAL! VOCÊ NÃO PRECISA SE DESLOCAR ATÉ O CENTRO DA CIDADE PRÁ ENCONTRAR MEDICAMENTOS COM AQUELE PRECINHO ESPECIAL.