SITE DO BLOG SOBRIEDADE

AH! TUDO MUDOU! AHHHHHHHH! NADA MUDOU!

AH! TUDO MUDOU! AHHHHHHHH! NADA MUDOU!

 

BOA NOITE GALERINHA DO BEM! 12 DE JULHO DE 2.015!

DIA MUNDIAL DO ROCK!

 

Vou mandar um black dog com o Zeppelin como homenagem à data! não esquece de pausar a rádio lá no final da página canto direito. 

 

 

 

Antes de começar o texto própriamente dito, algumas informações que ajudarão a entendê-lo melhor........... VOCÊ SABIA ?

- De acordo com pesquisas do Ministério da Saúde, o percentual da população adulta que consome álcool em excesso passou de 16,2% em 2006 para 18% em 2010? E AGORA EM 2.015 ENTÃO? O BICHO TÁ PEGANDO GALERINHA!!!!
- Essa taxa entre as mulheres, passou de 8,2 para 18,6% em 4 anos?
- De acordo com pesquisa efetuada pela Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo) o uso dessa substância tem sido mais comum entre as mulheres o que favorece e em muito os comportamentos de risco?
- Que o consumo cada vez mais frequente de álcool entre estudantes menores de 18 anos favorece enormemente os mesmo comportamentos de risco entre os adolescentes, como por exemplo sexo sem proteção? (E TOME DSTS, TOME AIDS, TOME GRAVIDEZ INDESEJADAS)
- Que na maioria dos casos de alcoolismo entre os/as adolescentes, a experimentação inicial ocorreu dentro da própria casa com a anuencia dos pais?
- Que o Ministério da Saúde considera consumo abusivo/excessivo cinco ou mais doses em uma mesma ocasião para homens e quatro para mulheres?
- Que a metabolização do álcool no organismo feminino ocorre de forma mais lenta o que torna a mulher mais vulnerável e suscetível?
- Que devido a essa suscetibilidade, doenças como cirrose, hipertensão, diabetes,depressão, ansiedade, transtornos alimentares e diversos cânceres atingem primeiro a mulher?
- Que devido ao aspecto importante e fundamental que desempenha na sociedade e no lar, a mulher que consome álcool em excesso não cuida dos filhos? não se previne contra gravidez indesejada? Não se protege contra doenças sexualmente transmissíveis? Assume o papel de vítima em potencial com relação à violência doméstica e ao abuso sexual?
- Que os anúncios de bebidas transmitem a mensagem subliminar de que você está divorciada, com problemas? então tome uma cerveja e tudo vai se resolver?
- Que o consumo de bebidas alcoólicas está hoje associado à inclusão social? É, quem não bebe tá excluído. AFF
- Que as universitárias são recordistas no consumo e dependência por medicamentos principalmente os anorexígenos? (remédios para emagrecimento)
- Que o Brasil é um dos maiores consumidores de medicamentos anorexígenos? (a base de anfetaminas?)
- Que a maioria das famílias já dialoga livremente sobre práticamente todos os assuntos com os filhos/filhas, mas que ainda existe um tabú (preconceito) de falar e explicar sobre drogas?
- Que você deve falar livremente com seus filhos/filhas sobre o assunto? (falar dos efeitos e principalmente das consequências). E também instruí-los com relação a doenças sexualmente transmissíveis, relações indesejadas e que tudo isso está diretamente relacionado ao consumo de drogas? (e que ÁLCOOL É DROGA?).

Mandei esste post no Blog da Sobriedade em 2.011; de lá prá cá, nada mudou ou..........

tudo mudou, pois a mídia cada vez mais endeusa o álcool sem a reciprocidade  desejada; explico: a contra-partida por parte principalmente do governo explicando e mostrando os malefícios do álcool e o custo que o alcoolismo acarreta à Saúde Pública do País.

E o consumo exagerado...........EXPLODE!!! 

 

ME PERDOEM, MAS VOU TER QUE SER RECORRENTE! Vou com licença de todos, citar Luiz Fernando Veríssimo (O ESTADO DE SÃO PAULO 11/03/2010) ..."Na primeira vez que vi o comercial na TV, pensei, vai dar galho. Vão surgir os protestos, vão lembrar sua má influência nas crianças, vão pedir que seja retirado do ar. Mas não. O comercial em que o jogador de futebol Ronaldo se declarava brahmeiro e só faltava dizer que devia sua recuperação a cerveja não causou nenhuma reação... Estranho país este nosso"

Porque a recorrencia? Porque tô voltando ao mesmo assunto, prá dizer que nada tenho contra quem fabrica, vende, nada tenho contra quem bebe, mas sim contra o uso abusivo do álcool. E por falar nisso então, vou dizer que o álcool é uma droga depressora!

É uma categoria que inclui uma grande variedade de substâncias apresentando uma característica comum, a de causar uma diminuição na atividade do sistema nervoso central.Todo mundo sabe que as bebidas alcoólicas são a principal droga consumida em nosso meio.

Jovens, adolescentes são atraídos pela bebida principalmente em função da massificação em propagandas e pelo fácil acesso.

E porque estou dizendo tudo isso? Explico: em entrevista à rádio NORTE-SUL de Jacarezinho (hoje Rádio Globo) tempos atrás, no programa da radialista Márcia Sória nossa amiga e irmã, falava eu acerca do percentual que me deixou absurdado de 10% da população brasileira estar com problemas de uso/abuso/dependência do álcool.

Os números em minha opinião são assustadores, e o Dr. Arthur Guerra De Andrade, presidente-executivo do Centro de Informações sobre Saúde e Álcool (CISA) que é Médico-Psiquiatra, afirma que cerca de 19 milhões de brasileiros sofrem de dependência ou abuso de álcool como já citei anteriormente.

E ele continua dizendo: " Na nossa sociedade, é difícil aceitar uma pessoa que não bebe. Não beber é como uma ofensa".

Quem não é alcoolista têm dificuldade para enfrentar essa pressão social. Imagine o que acontece com os que são alcoolistas, afirma.

E os adictos que o digam: AH! MAS VOCÊ NÃO BEBE? E FAZ O QUE ENTÃO?

VOCÊ É CRENTE? kkkkkk desculpem mas tenho que rir! e eu digo na maior cara dura: sou crente sim! creio em Deus portanto sou crente.

AH! MAS VOCÊ NÃO BEBE NUNCA? HUMMM ENTÃO CHEIRA COCAÍNA!

TOMA RIVOTRIL? e por aí vai.....................................

Então, voltando ao programa de rádio, foi-me perguntado se o número de mulheres que usam/abusam do álcool, também aumentou, e eu afirmei que sim. Possuo dados de 2007, que afirmavam no estado de São Paulo em 3 anos o número de mulheres dependentes do álcool que buscaram tratamento havia crescido 78%;  isso em 2007 e já estamos em 2015.... vai vendo, vai vendo!

Pesquisas também indicam que em 20 anos, aumentou muito a população de mulheres alcoolistas no País. Segundo a pesquisa, a proporção era de uma para cada dez homens; agora, já são tres para dez.

Além disso, segundo a própria pesquisa, o organismo feminino metaboliza o álcool de forma diferente dos homens e, por isso, elas sofrem mais rápidamente os efeitos nocivos da bebida.

Então caros seguidores, amigos, amigas oportunamente voltaremos a enfocar o assunto com mais propriedade trazendo números concretos e pesquisas atualizadas. 

SUJEITO DE SORTE (BELCHIOR) E tenho comigo pensado, Deus é brasileiro e anda do meu lado. E assim já não posso sofrer no ano passado ( Já acabou um e começou outro he he he!) Tenho sangrado demais, tenho chorado prá cachorro..........................................................

ANO PASSADO EU MORRI, MAS NESSE ANO NÃO MORRO!

 

FUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUIIIIIII............. Beijos a todos (as)

 

Então! não esquece de prestigiar nossos parceiros/patrocinadores! Vai lá também! Visite os sites! Você vai gostar.

EM JACAREZINHO - PR! BOTA AMIZADE NISSO!