SITE DO BLOG SOBRIEDADE

DROGAS ! NEM PENSAR ! SAI DESSA QUE É FURADA CARA!

DROGAS ! NEM PENSAR ! SAI DESSA QUE É FURADA CARA!

 

 


HELLO DEAR FRIENDS! BOA NOITE! 27 DE NOVEMBRO DE 2.017!

Resultado de imagem

DIA DA MEDALHA MILAGROSA!

Resultado de imagemResultado de imagem

 Resultado de imagem para gif animado pessoa rezando

Que tal buscarmos a renovação espiritual todos os dias, independentemente de crenças ou religiões, que possamos nos conectar com energias e conceitos positivos e edificantes para as as nossas almas. Orem, meditem, estejam conectados com a fonte primordial da Criação. Mais do que nos conectarmos com figuras históricas e importantíssimas como Jesus, Buda, os Orixás, entre tantos outros, busquemos também renovar nossa consciência.

Abra a sua mente e positive seus sentimentos.

 

 

RECADINHO DO DIA!

 

LIBERDADE DE PENSAMENTO!

Penso (he he he) que o único lugar em que o homem (e a mulher óbviamente) são verdadeiramente livres, é no pensamento!

O pensamento é livre! dom de Deus! dizem que nem o coisa ruim, nem ninguém consegue penetrar em nosso pensamento, apenas Deus.

PRESERVAR É O QUE HÁ!

CONTEMPLE A NATUREZA...... PRESERVE!

COMO DIRIA O MUSSUM: HOW DO YOU DUZIS? kkkkkkk

HOJE É O DIA DE COMBATERMOS AS DROGAS! 

Meu! todo dia é dia de combater as drogas, todo dia é dia de combater o bom combate! Somos a legião do bem! todo adicto em recuperação, é um soldado que saiu do exército do mal e, agora integra o exército do bem!

 Aqui no site, todo dia é dia de nos armarmos cada vez mais para "combater o bom combate"

Já combati e muuuuuuuuuito o mau combate!

Hoje temos que estar alertas, UM DIA DE CADA VEZ e arregimentar cada vez mais soldados para o nosso exército.

Droga é toda e qualquer substância que, introduzida em um organismo vivo, pode modificar uma ou mais funções.

As diversas literaturas sobre o assunto para os dependentes químicos, trazem mais ou menos a seguinte definição: Droga é toda e qualquer substância que tenha a capacidade de alterar o humor ou a capacidade de raciocínar do ser humano. 

Como todos sabem, sou um Adicto em Recuperação e comecei minha caminhada no mundo das drogas mais ou menos aos 13 anos de idade.

Sofri muito, mas principalmente fiz muita gente sofrer por conta dessa doença que em mim se instalou.

Uma doença que é progressiva, incurável e fatal mas, que pode ser controlada (estacionada) a doença. Como? 

As duas características principais da doença são: a compulsão e a obsessão.

A compulsão é aquele sempre querer mais, mais um cigarro, mais uma carreira, mais um copo.

Me recordo que durante meu trabalho em uma Comunidade Terapêutica aqui no município de Jacarezinho-PR, um afilhado sempre me contava que todo mundo ia pro boteco, todo mundo bebia, todo mundo "se divertia", mas em determinado momento "todo mundo" ia embora!

ELE ficava! e ele me dizia (e eu falava prá ele: conta uma novidade pois essa é velha! cansei de fazer isso também): Benatti! a galera saia, eu continuava; enfiava o dedo na goela, vomitava tudo só prá poder beber mais.

AFF! ôôô vida bandida! e nesse entremeio de muita bebida, existiam ainda os baseados, as carreiras, as pedras, e um corta o efeito do outro, e o outro corta o efeito do um, e assim íamos.........

Isso era a compulsão! o querer sempre uma dose a mais, um cigarro a mais, uma carreira a mais e, no caso do crack então o "desprazer" pós uso é tão violento, que o usuário precisa desesperadamente usar novamente nem tanto prá sentir o prazer, mas para deixar de sentir o desprazer.

É louco ou não é?

Resultado de imagem para BANNER OBSESSÃO PELAS DROGAS

A obsessão é definida frequentemente pelas literaturas, como "aquele sentimento" que sempre nos empurra de volta para a droga de nossa preferência.

 

E veja bem: tenho prá mim que "sómente o uso de substâncias em mim está estacionado", mas a doença continua agindo, caminhando lado a lado sorrateiramente.

Essa compulsividade das drogas, pode se transferir para outros tipos de comportamentos compulsivos como por exemplo sexo, religião, comida etc, etc, etc, e a obsessão pode nos perseguir por intermédio de nossa (minha) irrascividade, minha teimosia, minhas idéias fixas e uma gama de fatores que reforçam em mim o comportamento obsessivo.

Esses comportamentos compulsivos e obsessivos, são um padrão em nós (eu) adictos e é por isso que devemos nos policiar dia após dia, um dia de cada vez e lembrar que a doença continua caminhando e que:

"se eu usar perderei".

Vejo a "molecada" de hoje, pulando fases no processo que até anos atrás era corriqueiro prá quem se embrenhava no tortuoso caminho das drogas.

Começávamos no álcool e na maconha, posteriormente passávamos para a cocaína e esse era o fim de linha prá muita gente! alguns caminhavam um pouco mais e começavam a usar drogas injetáveis e, esse realmente era o "fim do bacana".

Hoje com a banalização da droga, com o barateamento também da mesma, a molecada já começa no crack, e é uma, duas, treis "pipadas" e já tá dependente.  

É o ÓÓÓÓÓÓÓÓÓ DO BOROGODÓ!

Especialistas falam em juvenilização das drogas! outro dia falei aqui no site, também da senilização ou seja: as pessoas de mais idade, tornando-se usuárias e consequentemente dependentes principalmente do crack.

Mas não é só o crack não! estive lendo e verificando pesquisas recentes sobre o álcool em países desenvolvidos, e a galera mais velha ou da "melhor idade", tá bebendo muuuuuuuito, e desenvolvendo o alcoolismo após os 50 anos, gente por exemplo que nunca bebeu até essa idade: PODE ISSO?

Fico tristíssimo em constatar as marchas pró-liberação da maconha!

Prá quem já usou práticamente de tudo como eu e acompanhou e acompanha até hoje centenas de amigos e amigas/adictos assim como eu, é revoltante.

Saber que tudo pode se iniciar num "inocente baseado ou numa inocente cervejinha" (de inocentes eles não tem nada!), e acabar em prisões, instituições, hospitais psiquátricos, morte..............

Eu costumava dizer na Instituição, e digo até hoje nas palestras, quando sou convidado a falar ao público que, para o adicto que não aceita a Recuperação, existem os cinco C : cadeira de rodas, cama de hospital, cadeia (cana dura), cemitério e, têm uma modalidade muito em voga hoje em dia :

O CALÇADÃO.

Minha passagem pelo calçadão foi rápida pela graça de Deus, mas foi angustiante, torturante e, não desejo aquele tipo de vida a ninguém.

É o literal viver para usar e usar para viver.

É MORTE EM VIDA!  É O REDUZIR-SE AO NÍVEL VEGETAL, ANIMAL...... SEI LÁ O QUE!

É o perder-se a vontade de viver! é a perda da auto-estima, perda dos sentimentos. Quero contar rápidamente mais uma historinha prá vocês: Houve um rapaz que morava numa determinada cidade praiana (não posso citar nem o nome dele, nem a cidade, mas também não vem ao caso) que me contava: Benatti! no final do meu processo de ativa (ativa é quando estamos usando), eu ficava na praia  tomando conta dos carros prá conseguir R$ 0,50/1,00 prá comprar um corotinho (esses recipientes de plástico com cachaça)!

Gostaria de frisar também, que a droga de preferência do cidadão era cocaína, mas o fim de carreira em virtude do preço da cocaína é o pingão mesmo. (eu tomava corote, metanol, álcool etílico...... AFF! AFF! AFF!)

E lá ficava eu (ele) todos os dias de manhã, magro, esquelético, sem comer, sem ter onde dormir e lá vinha uma pessoa conhecida: meu pai! meu pai fazia o trajeto pelo calçadão da praia, todos os dias pela manhã, pois ia à padaria buscar pão e leite.

Meus pais me ajudaram de todas as maneiras possíveis e imagináveis, mas eu não querida ajuda, eu queria drogas.

Depois de um certo tempo, me colocaram prá fora de casa e solicitaram gentilmente ainda que, enquanto eu não quisesse ajuda efetiva, uma internação, não deveria mais procurá-los.

Meu pai no início, quando começou a me ver perambulando por ali, tentou ainda conversar, tentou algumas vezes me oferecer pão, leite, comida, mas eu não queria: eu queria dinheiro prá usar drogas.

Quantas e quantas vezes, meu pai passou pelo calçadão, me viu e de repente parou e começou a chorar! eu via aquele cidadão parado ali chorando, sabia que era meu pai, mas nada significava, não sentia mais nada.

É triste, é trágico, mas a droga rouba de nós tudo aquilo que temos de melhor; nossos sentimentos, nossas emoções, nossa dignidade enfim....

Ah! só prá vocês saberem, o personagem (real) acima, me contava tudo isso quando estava internado na comunidade terapêutica em que eu trabalhava, e a última notícia que tive dele é que continua limpo e em recuperação um dia de cada vez.      BOM NÉ? MUITO BOOOOOM! 

Essas reminiscências, essas lembranças, essas "histórias da vida real" e que são inúmeras, talvez eu as reúna prá poder contar todas a vocês mais amiúde.

O que sei e que posso dizer a vocês com toda a certeza, é que droga não tá com nada.

Lá em mil novecentos e bolinha quando comecei a beber e a usar outras drogas, dizia-se que quem não usava era "careta" e esse careta era bem pejorativo, e quem usava era "esperto", era safo, era o cara!

Hoje posso afirmar com toda convicção prá vocês: nunca vi em toda minha "longa carreira" de adicto na ativa e agora adicto em recuperação, um usuário/usuária/dependente de drogas se dar bem.

Quanto amigos e amigas que se foram! quantos e quantas entrevados em cadeiras de rodas e em camas de hospital literalmente dentro daqueles Cinco C !

Quantos e quantas, poderiam estar por aqui, levando vidas produtivas e saudáveis, constituíndo famílias, vivendo a vida e, que ao fazerem uso de drogas as perderam.

AS DROGAS SÃO O ESCREMENTO DO DIABO!

Costuma-se dizer que o cidadão/cidadã está no fundo do poço! mentira!

No fundo do poço tem água cristalina! eles estão é no esgoto do inferno.

EU FREQUENTEI O ESGOTO DO INFERNO!

E PRÁ LÁ, UM DIA DE CADA VEZ NÃO QUERO VOLTAR.

Pensem nisso! se você está na ativa, peça ajuda, existe luz após a escuridão da ativa!

E meu! se você tá a fins de experimentar, faz isso não! FOGE, CORRE! PULA FORA! ESSA CANOA É FURADÍSSIMA!

DROGAS TÔ FORA! 

AMIGO É COISA PRÁ SE GUARDAR, DO LADO ESQUERDO DO PEITO!

 

MELHOR ATENDIMENTO EM COMBUSTÍVEIS DE JACAREZINHO PR.
FAÇA UMA VISITA E SURPREENDA-SE.

A FARMÁCIA DO GENÉRICO EM JACAREZINHO PR.

E OLHA SÓ QUE LEGAL! VOCÊ NÃO PRECISA SE DESLOCAR ATÉ O CENTRO DA CIDADE PRÁ ENCONTRAR MEDICAMENTOS COM AQUELE PRECINHO ESPECIAL.

.