SITE DO BLOG SOBRIEDADE

KRIG HA BANDOLO! SE O POVO NÃO TEM CULTURA........

KRIG HA BANDOLO! SE O POVO NÃO TEM CULTURA........

 

 

BOA NOITE GALERINHA DO BEM! 25 DE MARÇO DE 2.018!

DIA DA CONSTITUIÇÃO!                               

Resultado de imagem para 25 de março dia da constituição

DIA DA ANUNCIAÇÃO

Resultado de imagem para 25 de março dia da anunciação do senhor

VOCÊ SABIA QUE???............................. 

O câncer infantil é o principal responsável pela morte de crianças e adolescentes entre 5 a 19 anos no país, segundo Instituto Nacional do Câncer (INCA). Porém, se diagnosticado precocemente, o índice de cura da doença pode chegar a 70% dos casos. Por essa razão foi instituída a lei nº. 11.650, de 4 de abril de 2008, o Dia Nacional de Combate ao Câncer Infanto-juvenil (DNCCI), celebrado anualmente no dia 23 de novembro.

ABAIXO SINTOMAS GERAIS DO CÂNCER INFANTIL:

  • febre,
  • vômitos,
  • emagrecimento,
  • sangramentos,
  • ínguas,
  • dores ósseas,
  • palidez.

  KRIG HA BANDOLO!!!!!!

Se vivo estivesse, em 28 de Junho próximo vindouro, Raul iria completar 73 anos de idade. Só um pouquinho de história prá quem não conhece conhecer um pouco do "maluco beleza" .

E não foi atoa nem por coincidência que mencionei certa vez no face, frase dita pelo Raulzito lá em mil novecentos e bolinha que dizia: se o povo não tem cultura, não consegue abalar as estruturas! ou afirmativamente: o povo que tem cultura é que pode abalar as estruturas.......

Raul Santos Seixas (Salvador28 de junho de 1945 — São Paulo21 de agosto de 1989) foi um cantor e compositor brasileiro, frequentemente considerado um dos pioneiros do rock brasileiro. Também foi produtor musical da CBS durante sua estada no Rio de Janeiro, e por vezes é chamado de "Pai do Rock Brasileiro" e "Maluco Beleza". Sua obra musical é composta de 21 discoslançados em seus 26 anos de carreira e seu estilo musical é tradicionalmente classificado como rock e baião, e de fato conseguiu unir ambos os gêneros em músicas como "Let Me Sing, Let Me Sing". Seu álbum de estreia, Raulzito e os Panteras (1968), foi produzido quando ele integrava o grupo Os Panteras, mas só ganhou notoriedade crítica e de público com as músicas de Krig-ha, Bandolo! (1973), como "Ouro de Tolo", "Mosca na Sopa", "Metamorfose Ambulante". Raul Seixas adquiriu um estilo musical que o creditou de "contestador e místico", e isso se deve aos ideais que vindicou, como a Sociedade Alternativa apresentada em Gita (1974), influenciado por figuras como Aleister Crowley.

fonte pt.wikipedia.org

 


Era o grito do tarzan significando que seus inimigos estavam a caminho!
Em 1973, Raul Seixas lançou um LP com esse título! (site do blog sobriedade também é cultura).

Recebi um e-mail de uma amiga já há algum tempo atrás, me chamando a atenção para o seguinte fato: " Unidade de tratamento atende 100 médicos dependentes químicos por mês "

Bom! o que posso dizer, é que a dependencia química não escolhe sexo, idade, condição social ( é um erro incomensurável pensar-se que dependencia química é ligada à pobreza, à condição social etc,etc).

O filme meu nome não é Johnny lá em 2.008 prá quem assistiu, demonstrava muito bem o que estou querendo dizer; outro filme nacional muito bom por sinal - Tropa de Elite, lançado um ano antes em 2.007, também mostrava jovens bens nascidos, intelectuais etc, subindo o morro, indo à favela buscar droga, usar drogas enfim, nada a ver essa coisa de pobreza, cor, profissão e também nada a ver essa coisa de ligar os moradores das comunidades com usuários ou traficantes.

Aliás, há muito tempo atrás também, começou a ser veiculada na TV, campanha que dizia que o usuário de drogas é quem financia o tráfico e consequentemente compra e venda de armamentos........etc, etc. Muito boa a propaganda - infelizmente se extinguiu.

Então, é inverídica essa associação que se fazia de " favela = traficantes = todo mundo usa e todo mundo vende drogas!". Os moradores dessas comunidades eram discriminados até pouco tempo atrás (podem até dizer que não), mas era isso o que se queria dizer.

E a coisa é bem ao contrário; em sua esmagadora maioria, são pessoas trabalhadoras, buscando um lugar ao sol e melhores condições para sí e para os seus. Era uma forma de preconceito que ao que parece está se dissipando. Aleluia então!

Volto ao tema, " prá não perder o fio da meada ", 100 médicos dependentes químicos atendidos mensalmente quer dizer o que?

É o que cita o e-mail, que o jaleco não protege os médicos de contrair doenças, e o que acabei de dizer que a dependencia não escolhe classe  social, profissão etc, ao contrário, retarda o reconhecimento, a admissão da doença e o pedido de socorro. 

Um caso clássico que toda a mídia divulgou à exaustão quando de seu falecimento, foi o do ex-jogador e médico Dr.Sócrates; um diretor de programa especializado em atender profissionais de medicina, declarou que o " CASO SÓCRATES era emblemático " e o que isso queria dizer?


Emblemático é um fato de grande significado social e histórico.

Acredito eu que o diretor quis dizer o seguinte: o exemplo do Dr. Sócrates deveria servir de alerta à classe e, em meu entendimento para todas as pessoas, porque ninguém está imune, isento e, no caso de pessoas esclarecidas ou com uma certa posição social, a admissão é muito mais conflitante e traumatizante.

Entra em ação a negação, o orgulho e outras características da dependencia!

O alcoolismo traz em seu rastro o orgulho, a não admissão e, talvez possamos exemplificar: vou citar um estudo realizado e divulgado muitos anos atrás e, vou me informar para poder dissertar mais adequadamente, que dizia serem os alcoolistas pessoas com inteligência acima da média.

Acredito que sim; essa mesma fonte o IG, citava em entrevista com o Dr.Sócrates, que o mesmo reconhecia que foram as bebidas alcoólicas que o adoeceram, mas que não se considerava dependente.

E continuava: " O problema está relacionado aos hábitos da época" finalizando.

Então, era a negação em ação!

Oportunamente voltarei a falar mais sobre o assunto pois esse é um caso clássico de conhecimento público. 

Não é sómente o dependente que nega não né? familiares também assim procedem. Recentemente abordei fato ocorrido em que o pai do cidadão por gostar de umas biritas, fechava os olhos para a dependência cruzada do filho.

Olha só! gosto muito de abordar esse "caso" pois ao que me parece, ainda existe muita gente que pensa dessa maneira........

Cito palavras textuais do Sr.CIDADÃO: ah Benatti! o ......... deve estar cheirando muitas carreiras; uma cervejinha não faz mal a ninguém e remédios...... ora remédios foram descobertos e são fabricados para curar as pessoas e não torná-las dependentes.

Preciso dizer mais alguma coisa? penso que não. (Só esclarecendo, uma cerveja realmente não faz mal para quem não é adicto! se for............. esquece!).

Por hora, vou repetir: KRIG HA BANDOLO (os inimigos, "as drogas") estão a caminho e precisamos estar preparados para rechaçá-los.
Aliás, certa vez fui convidado a assistir um show do Raul em sampa, mais precisamente na cidade de Caieiras e, quase o lincharam porque ele não conseguia cantar nem tocar de tão bêbado e louco que estava.

Inteligência muito, muito acima da média! que pena. KRIG HA BANDOLO!

 

AH TÁ! não esquece de dar uma clicadinha e prestigiar nossos parceiros/patrocinadores. VAI LÁ TAMBÉM

MELHOR ATENDIMENTO EM COMBUSTÍVEIS DE JACAREZINHO PR.
FAÇA UMA VISITA E SURPREENDA-SE.
E OLHA SÓ QUE LEGAL! VOCÊ NÃO PRECISA SE DESLOCAR ATÉ O CENTRO DA CIDADE PRÁ ENCONTRAR MEDICAMENTOS COM AQUELE PRECINHO ESPECIAL.