SITE DO BLOG SOBRIEDADE

O QUE? VOCÊ NÃO BEBE? PORRRRRRRRRRR QUEEEE?????

O QUE? VOCÊ NÃO BEBE? PORRRRRRRRRRR QUEEEE?????

 

BOM DIA, BOA TARDE, BOA NOITE GALERINHA DO BEM!

05 DE JULHO DE 2.018!

DIA DO BIQUINI!   ANIVERSÁRIO DE NASCIMENTO DA OVELHA                                      DOLLY

Resultado de imagem para gif animado biquini      Imagem relacionada

Diante de duas datas extremamente interessantes, meu amigo CACIQUE TUPANACAM diria: E EEEEEEUUU COM ISSO?  kkkkkk

CRACK E ÁLCOOL - DIGA SIM À VIDA!

 

Resultado de imagem

HEI? vamos nos engajar nas Campanhas de Não Violência Contra a Mulher............

Delegada faz alerta:

"É preciso tomar coragem para quebrar o ciclo de violência".

 Você pode salvar uma vida divulgando o número 180, da Central de Atendimento à Mulher.

Qualquer espécie de violência não tá com nada! agora: violência contra mulheres, crianças, idosos? NÃO! DENUNCIE! VAMOS QUEBRAR O CÍRCULO DO MEDO E PUNIR EXEMPLARMENTE OS CULPADOS.

 

ENTÃO..........

SÓ POR HOJE>>>>>>>> DECIDIREI QUE SOU DEFINITIVAMENTE FELIZ!

 

DA FELICIDADE
Quantas vezes a gente, em busca da ventura,
Procede tal e qual o avozinho infeliz:
Em vão, por toda parte, os óculos procura
Tendo-os na ponta do nariz!

Mario Quintana 

VOCÊ SABIA QUE?

Em 19 de novembro que passou, comemoramos o Dia do Vaso Sanitário?

Eu pirei literal! alguém me dá um choque? Choque sim porque Rivotril eu não posso!        Banger.gif

 

CONFESSE: isso engrandeceu enormemente seu nível cultural não foi mesmo? AFF

Bora falar sério então..................

Pensando, refletindo sobre temas, coisas, assuntos prá mandar aqui no site, me lembrei de uma reportagem da Revista Época que li lá em 2009 se não me falha a memória, escrita penso eu pela repórter/jornalista Cristiane Segatto.

A bem da verdade, recebi partes do assunto também via-email.

Meu! falava das celebrações de final de ano....... como passamos recentemente pelas ditas celebrações e, como estamos chegando ao carnaval, outro evento no qual consome-se álcool à rolé, penso que é muito oportuno o post: festas mil, eventos zil, bebidas no funil!

O que? você não bebe? por que? 

A jornalista em seu artigo diz que quem não bebe, seja lá por qual motivo, tem que demonstrar um talento inabalável para a diplomacia. 

Sem contar por exemplo que chamaremos aqui de cidadão ou cidadã podem ter passado por algum tipo de intervenção/internação para tratamento de alcoolismo ou de outras drogas e não querer abrir para ninguém.

É um direito inalienável da pessoa. Cada um sabe de si.

Me recordo tempos atrás conversando com um amigo no facebook, fiz uma piadinha com o mesmo e levei um sonoro puxão de orelhas: mas Benatti esqueceu do anonimato? o pessoal da empresa não sabe que passei por um tratamento! AFF!

O cidadão está coberto de razão!

Eu é que estou tão acostumado a falar abertamente sobre o tema (sobre "meus" problemas com o álcool e outras drogas), que por vezes esqueço do anonimato.

E até sobre isso fazem piadinhas tipo: "mais vale um bêbado conhecido do que um alcoólatra anônimo" e outras tantas besteiras que nem merecem citação.

A bem da verdade, hoje, algumas empresas vêem com bons olhos pessoas que tiveram problemas com drogadição (e estão limpas óbviamente, em recuperação) e, que passaram por tratamento comunitário, pois acreditam serem essas pessoas justamente pelo convívio com os mais diversos tipos de seres humanos quando da internação, muito melhores preparadas para lidar no dia a dia das empresas com a gama múltipla de pessoas diferentes.

O que eu posso dizer a vocês, é que fui muito abençoado nesse sentido pois, quando de minha primeira internação aqui na cidade em que resido, houveram pessoas que acreditaram em mim como ser humano, como profissional e que me propiciaram oportunidades, tanto os que solicitaram a oportunidade, mas principalmente quem a concedeu, pois colocou literalmente "o dele" na reta.

Meu! imagina que hoje ainda existe muuuuuuito preconceito com relação aos adictos; coloca isso há 28 anos atrás.

Era o óóóóó do borogodó.

Me recordo, que em meu primeiro dia de trabalho, num determinado momento precisei ir ao CPD (centro de processamento de dados) para incluir a movimentação diária no computador (naqueles dias não havia ainda computadores pessoais, um por um) havia uma central e lá eram abastecidos os dados.

A administração literalmente parou! OHHHHHHHHHHH!

Acredito que alguns tentavam até me ouvir digitando (kkkkkkkkkkkk).... Fui lá,  mandei meu recado e graças a Deus tudo correu bem.................... Acredito também, que teve gente que pensou: mas como é que pode? um "ET" trabalhar? e trabalhar direito?

Coisas desse tipo prá não usar termos mais pejorativos pois todo mundo sabia de meu problema, mas a galera do tamo juntos na referida empresa, era muito maior graças a Deus novamente do que a do "NÃO FALEI?".

Sabe como é?

IHHHHHHHHHHHHHHHH não falei que não ia dar certo?

Louvo a Deus mais uma vez por haver colocado essas pessoas em meu caminho, de tê-las feito instrumentos que possibilitaram oportunidades em minha vida.

Mas isso fui eu! tenho conhecimento de casos em que o anonimato foi aberto e deu tudo muito certo, e o contrário também: deu tudo errado.

A jornalista continua dizendo: " Ninguém se toca que o colega que afirma não beber, toma antidepressivos, anticonvulsivantes, ou qualquer outro remédio que não pode ser misturado ao álcool.

Ou, simplesmente não bebe porque é um adicto em recuperação.

A jornalista entrevistava o Dr. Arthur Guerra De Andrade Médico Psiquiatra, Presidente do Centro de Informações sobre Saúde e Álcool (CISA), que em certo trecho afirmava:

"Na nossa sociedade, é difícil aceitar uma pessoa que não bebe. Não beber é como uma ofensa" e finalizava:

"Quem não é alcoolista tem dificuldades para enfrentar essa pressão social. Imagine o que acontece com os que são alcoolistas", afirmou.

Já fui questionado de diversas maneiras: você não bebe por que? você é crente? e eu na maior cara dura retruco: sou sim, creio em Deus portanto sou crente.

Dia desses alguém me perguntou: mas você não bebe mais? mas nem uma carreirinha? nem um baseadinho? ah! mas um rivotril você toma! POW POW POW.................. e eu rio, eu rio muito! só me resta rir.

Olha só galera! estou me limitando ao artigo da jornalista falando sobre o álcool e não às outras drogas também, pois elas se restringem a uma determinada faixa populacional usuária (que não assume números gigantescos graças a Deus), mas, com relação ao álcool eram em 2009 ( e lá se vão 9 anos passados..... o quanto será que aumentou esse número não é mesmo?), 19 milhões de brasileiros(10% de toda a população) que possuíam algum tipo de problema relacionado ao alcoolismo (dependência ou abuso).

Só para esclarecer, abusos significam problemas, tipo pessoas que bebem e chegam atrasadas ou faltam ao trabalho, provocam acidentes de trânsito, acidentes no trabalho ou agressões.

Falei um pouquinho lá em cima, sobre a não-violência contra a mulher e, não vejo fator motivador tão potente de agressões contra as mulheres que não seja o álcool.

O cara toma todas, e depois chega em casa cheio de razão, cheio de valentia, agredindo verbalmente, agredindo físicamente, tudo em função dessa substância.

E olha só o que o Dr. Andrade ( já citado acima ) falou sobre a estratégia que dizem, a OMS (Organização Mundial de Saúde) está preparando para reduzir os danos do álcool! a jornalista complementou a pergunta dizendo se o consumo de álcool se tornaria inaceitável tipo o do cigarro?

"O álcool é muito diferente do tabaco".

Ninguém defende uso moderado de tabaco.

Mas as pessoas não são contra o álcool.

São contra o abuso do álcool.

O abuso é de fato um problema seríssimo de saúde pública.

Todos nós conhecemos um/uma alcoolista no trabalho, na família, no condomínio, em nosso bairro".

Eu de minha parte, sempre que falo a respeito do tema, faço questão de dizer que nada tenho contra quem fabrica, comercializa, contra quem bebe, etc, etc, etc.......

O que tenho repetido à exaustão, é que a mídia deveria mostrar de alguma forma não só o "lado romântico" do álcool posso assim dizer, mas mostrar os malefícios na contra-partida e, na mesma intensidade com que as garrafinhas são endeusadas perante todos, principalmente perante nossas crianças e adolescentes.

Já tentou calcular o custo não só financeiro, mas moral, emocional, espiritual em uma família que possui um/uma ou mais alcoolistas?

NÃO DÁ PRÁ MENSURAR,  SIMPLESMENTE.

Oportunamente volto à carga! 

 

HASTA LA VISTA BABY!

 

Ihhhhhh......  só prá descontrair, essa é de um afilhadinho.........

Schwarzenegger levou o PC para formatar; lá chegando o funcionário da Dr.Sell (kkk) perguntou: vai instalar windows XP, VISTA, WINDOWS 7, 8 ou 10?

E ELE:  INSTALA VISTA BABY!  desculpa aí! culpa do meu afilhadinho.

 

 

 

A FARMÁCIA DO GENÉRICO EM JACAREZINHO PR.

E OLHA SÓ QUE LEGAL! VOCÊ NÃO PRECISA SE DESLOCAR ATÉ O CENTRO DA CIDADE PRÁ ENCONTRAR MEDICAMENTOS COM AQUELE PRECINHO ESPECIAL.