SITE DO BLOG SOBRIEDADE

ÓI NÓIS AQUI TRÁVEIZ!

ÓI NÓIS AQUI TRÁVEIZ!

 

 

 

 

 

BOA NOITE GALERINHA DO BEM! 14 DE JUNHO DE 2.017! 

Resultado de imagemResultado de imagem para 14 de junho dia

DOE SANGUE, DOE VIDA!

VAI UM CAFEZINHO AÍ?  

 

 

A reverência aos antepassados é uma prática muito comum em diversas culturas.

"Muitas pessoas perdem sua força, porque perdem a conexão com sua própria origem através da rejeição ou do não reconhecimento de seus ancestrais" 

"O querer o bem está em mim, mas não sou capaz de fazê-lo. Não faço o bem que quero, e sim o mal que não quero. Ora, se faço aquilo que não quero, não sou eu que o faço, mas é o pecado que mora em mim".

SÃO PAULO-CARTA AOS ROMANOS 7-18/20 

Eu não tenho nada pra dizer
Também não tenho mais o que fazer
Só pra garantir esse refrão
Eu vou enfiar um palavrão! p q p!

Nada a declarar - Ultraje

Sabe porque estou começando o post com Paulo e Ultraje?

Por que é muito difícil para mim (eu adicto) lidar com as minhas impotências diárias............... quiçá lidar com a impotência de outras pessoas e, pior, algumas pessoas, simplesmente pensam que o ouvido da gente é penico, pois nos procuram, pedem algum tipo de orientação, a orientação é dada e, os "pacatos cidadãos/cidadãs" vão lá e fazem tudo ao contrário.

Conclusão: depois vêm desfiar aquele rosário, aquele muro de lamentações na orelha da gente, achando que meu ouvido é penico.

Então, só prá garantir esse refrão, de novo vou enfiar um palavrão.................. UEBA! P Q P! PRONTO FALEI.

 

DIVERSIDADE CULTURAL! VOCÊ SABE O QUE É? 

diversidade cultural são diferenças culturais que existem entre o ser humano. Há vários tipos, tais como: a linguagem,dançasvestuárioreligião e outras tradições como a organização da sociedade. A diversidade cultural é algo associado à dinâmica do processo aceitativo da sociedade. Pessoas que por algumas razões decidem pautar suas vidas por normas pré-estabelecidas tendem a esquecer suas próprias idiossincrasias (Mistura De Culturas).

Em outras palavras, o todo vigente se impõe às necessidades individuais. O denominado "status quo" deflagra natural e espontaneamente, e como diria Hegel, num processo dialético, a adequação significativa do ser ao meio. A cultura insere o indivíduo num meio social.

O termo diversidade diz respeito à variedade e convivência de ideias, características ou elementos diferentes entre si, em determinado assunto, situação ou ambiente. Cultura (do latim cultura, cultivar o solo, cuidar) é um termo com várias acepções, em diferentes níveis de profundidade e diferente capacidade de agir. São práticas e ações sociais que seguem um padrão determinado no espaço/tempo. Se refere a crençascomportamentosvalores, instituições, regras morais que permeiam e "preenchem" a sociedade. Explica e dá sentido a cosmologia social, é a identidade própria de um grupo humano em um território e num determinado período.

fonte.......... SEMPRE ME SOCORRENDO! pt.wikipedia.org

 

VOCÊ SABIA QUE?

- As mulheres de 15 a 44 anos correm mais risco de sofrer estupro e violência doméstica do que de câncer, acidentes de carro, guerra e malária, de acordo com dados do Banco Mundial?

- Que estão morrendo no Iraque vítimas da intolerância cristãos e outras minorias, sejam por crenças religiosas diversas, sejam por cor, sejam pelos cambaus a quatro? em pleno Século XXI?

- Que não me sai da cabeça que os torturados de ontém, passam a ser os torturadores de hoje?

- Que houveram 90 mil mortes entre trânsito e violência urbana no Brasil em 2.012 e, que o álcool é o grande responsável por grande parte dessas mortes? e que ninguém está disposto a fazer nada? e que o trânsito aliado à violência, mata mais do que essas guerras que têm nos escandalizado diáriamente?

ISSO É OU NÃO É UM HOLOCAUSTO?

O que são esses acontecimentos deploráveis? não são HOLOCAUSTOS?............ SÃO SIM.

Por hoje, só lamentar esses infaustos acontecimentos no Brasil e na HISTÓRIA DA HUMANIDADE.


Ói nóis aqui tráveiz!
O que fazer para convencer alguns pais que os filhos são dependentes cruzados, que não podem beber?

Perceberam bem o que eu estou dizendo?

Não é convencer o adicto não de que ele não pode beber!

Em sua imensa maioria, eles sabem e aceitam!

Difícil é convencer os CO-DEPENDENTES! VOU ABRIR O LIVRO: PRINCIPALMENTE PAIS (PAI E MÃE DE ADICTOS QUE FAZEM USO DO ÁLCOOL E, NÃO SE DISPONIBILIZAM DE MANEIRA NENHUMA A ABRIR MÃO DE SUA "CERVEJINHA" POR EXEMPLO).

É CHOCANTE? É VERDADE!

Porque vocês imaginam (aqueles que não tem conhecimento óbviamente) que Biotônico Fontoura, lembra dele? aquele prá abrir o apetite, agora vêm com a inscrição: Não contém álcool! PORQUE SERÁ?
Ou então, mais recentemente, os Listerines e outros enxaguantes bucais também contém os dizeres: Não contém álcool!
Porque será?
Você sabia por exemplo, que nas comunidades terapêuticas (as sérias óbviamente) é proibido à pessoa que está em tratamento levar desodorante (líquido) para o quarto? ou então perfumes?  PORQUE SERÁ?

SERÁ porque, o cidadão quando está em crise de abstinência, toma tudo aquilo que contiver álcool!

Aliás, gostaria de fazer um adendo: a maneira correta de se tratar o álcool é essa:

"ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS" e não como comumente é colocado em jornais, revistas, matérias etc....... ÁLCOOL E DROGAS!

È totalmente incorreto, pois ÁLCOOL É DROGA e portanto deve ser tratado como tal. Já teorizei about ( só minha humilde opinião), é que assim dizendo....... álcool e drogas, passa a impressão do mesmo não ser droga.

 

    AÍ SIM !!!!!!

Detalhe!
Não só os dependentes exclusivos do álcool (os alcoolistas), mas também os dependentes de outras substâncias, que como já disse aqui mesmo no site muitas vêzes são dependentes cruzados ou seja: dependentes de outras substâncias (maconha, cocaína, crack, anfetaminas, etc) e também dependentes do álcool. (é meu caso)

Conheço pessoas, que não fumam (tabaco) cotidianamente, mas que ao tomar uma ou duas cervejas, desembestam a fumar, chegando a fumar um maço de cigarros enquanto estão tomando as cervejinhas.

Bom! com relação aos adictos, o processo é semelhante; o cidadão é dependente de outras drogas, e muitas vezes não aceita que têm problemas com o álcool também, tudo isso devidamente incentivado pela sociedade e pela própria família.

Toma uma, duas, três cervejas, e lá vai o cidadão correndo para a biqueira (local onde se vendem drogas) buscar sua droga de preferência.
É o ÓÓÓÓÓ do borogodó sim Senhor!

Então o cidadão/cidadã, sai de um tratamento, ou está buscando sua sobriedade através dos grupos de auto-ajuda, e volta para um lar, onde se bebe cotidianamente; haverão os moradores da casa (pais, irmãos, esposas, esposos enfim....) procurar abrir mão do álcool, pelo menos dentro da residência.

Teu filho, tua filha, teu marido, tua esposa, teu neto (a), teu ente querido enfim é um dependente? parabéns, você se tornou um co-dependente.

Explico: O familiar, o colega de trabalho, o chefe, colega/amigo, vizinho e toda aquela galera que procura remover (minimizar) as consequências do uso/abuso de drogas do dependente, para na maioria das vêzes esconder os acontecimentos, e com isso facilitar a vida do dependente químico  (é tudo o que ele quer), é um co-dependente.

Há algum tempo atrás, conversando com o pai de um dependente (uma pessoa muito esclarecida em vários assuntos, extremamente inteligente e bem situado financeiramente), perguntei a ele: "Dr.Cidadão"? o senhor sabe que tipo de drogas seu filho anda fazendo uso? álcool, maconha, cocaína, algum derivado dela, ou medicamentos? (ah! ocorreu esse diálogo, porque o referido cidadão veio pedir algum tipo de ajuda).

Veio então a resposta fatídica: oras Benatti! ele deve estar cheirando muitas carreiras; as cervejinhas nunca afetaram o (.......) e remédios? oras, remédios foram feitos para curar as pessoas, não torná-las dependentes.

Minha vontade foi dizer a ele que como sabia de tudo, certamente não precisaria de ajuda, mas óbvio que não fiz isso, pois como especifiquei acima, o cidadão tornou-se um co-dependente, e nega, nega, nega uma porção de fatos, assim como o próprio dependente.

Expliquei a ele, que assim como estava me dizendo aquilo, talvez milhares, milhões de pessoas no mundo inteiro têm essa mesma visão deturpada da dependência, ou falta de informação mesmo.  

Falei a respeito da doença da adicção: um adicto, é pura e simplesmente, uma pessoa (homem ou mulher) cuja vida é controlada pelas drogas (e pense, álcool é um droga poderosíssima, maconha é droga).

Estávamos em poder de uma doença que é progressiva, que se manifesta de maneiras anti-sociais, o que torna ainda mais difícil perceber, dar nome e tratar e, que se não tratada a tempo acaba em prisões, internamentos, ou até mesmo morte.

Falei a ele também, que quando do retorno do dependente ao lar, a família (e vejo casos e mais casos ocorrerem) por desinformação, muitas vezes oferece uma cerveja ao dependente, pensando que a mesma não fará mal, que a pessoa tinha problemas com outras drogas e, que agora por exemplo, o cidadão só irá beber como eu  (ELE O FAMILIAR) ou seja: socialmente.

Gentemmmmmmm:   NÃO EXISTE ADICTO SOCIAL!

Seria mais ou menos, a mesma insanidade por exemplo: um dependente de álcool (que passou por um tratamento) dizer: bom! eu tinha problemas com álcool, sei que não posso tomar álcool, mas posso fumar crack por exemplo?

AFF! Pois é aff mesmo!

Dito isso e outras cositas más, o "Dr.Cidadão" me disse: sabe que eu nunca havia enxergado as coisas por êste ângulo?

Então, emendei: da próxima vez que pensar em convidar seu filho para uma inocente cervejinha, lembre que para ele, ela não terá nada de inocente, pode acreditar.

É a dependência cruzada!. É uma salada mista!. É tutti-frutti!
Wa bop a lu bop a lom bam boom!

Nosso remédio entra pelos ouvidos e sai pela boca!

Temos de evitar o primeiro gole, o primeiro cigarrinho do capeta, a primeira paulada, o primeiro seja lá o que for!
Porque amigo, existe um ditado e é muito VERO!

Onde passa um boi, fatalmente vai passar a boiada!

AH! UM ÚLTIMO RECADINHO:

 

DIANTE DE TUDO ISSO, SÓ ME RESTA DIZER:

 

Em tempo: dá uma clicadinha nos banners de nossos parceiros. Faça suas compras Via SITE DO BLOG DA SOBRIEDADE! A família sensibilizada agradece. kkkkkkkk

 

A FARMÁCIA DO GENÉRICO EM JACAREZINHO PR.

E OLHA SÓ QUE LEGAL! VOCÊ NÃO PRECISA SE DESLOCAR ATÉ O CENTRO DA CIDADE PRÁ ENCONTRAR MEDICAMENTOS COM AQUELE PRECINHO ESPECIAL.