SITE DO BLOG SOBRIEDADE

SOMOS TODOS PROFESSORES! SOBRIEDADE/SOLIDARIEDADE!

SOMOS TODOS PROFESSORES! SOBRIEDADE/SOLIDARIEDADE!

 

 

 

BOA NOITE GALERINHA DO BEM! 05 DE MAIO DE 2.015!

DIA MUNDIAL DE HIGIENIZAÇÃO DAS MÃOS!

Até já "mandei" um post falando sobre......... é o Harry Porco say: vai lavar a mão porcão!

 

Dia 5 de maio é o Dia Mundial de Higienização das Mãos. Em todo o mundo, serão promovidas atividades para conscientizar os profissionais de saúde, o governo e os administradores hospitalares sobre a importância da higienização das mãos. O hábito previne e reduz infecções, promovendo a segurança de pacientes, profissionais e demais usuários dos serviços de saúde.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) propõe, nesta data, o Primeiro Desafio Global para a Segurança do Paciente - uma jornada de mobilização para a higienização das mãos.

 

Como sabem, o propósito do Site é tentar esclarecer, informar, falar à exaustão sobre Dependências Químicas, uso e consequências das mais variadas substâncias e, toda uma gama de comprometimentos ocasionados pelo uso/abuso das mesmas.

Tenho um amigo que me pediu para falar um pouquinho mais sobre os Benzodiazepínicos e...... se realmente eles causam dependência.

Antes, gostaria de comentar um pouquinho a respeito de acontecimentos recentes aqui no Paraná, pois como sempre faço questão de esclarecer, escrevo sobre dependências, mas também falo de coisas que me incomodam e.............. últimamente tem muuuuuuuita coisa me incomodando.

Gostaria de ressaltar pela enésima vez para vocês, a definição de SOBRIEDADE:

Particularidade, característica ou condição de quem ou do que é sóbrio.

Comedimento ou equilíbrio: diante do sofrimento, comportou-se com sobriedade.
Modo discreto de se comportar, de falar; discrição na forma de se demonstrar os sentimentos.
P.ext. Que não possui artificialidade nem complicação; naturalidade.

Sinônimo de sobriedade: comedimentoequilíbriofrugalidademoderação

naturalidadeparcimônia e temperança 

Penso eu que anda faltando SOBRIEDADE aos nossos governantes......... vide o ocorrido com os professores do Paraná em 29 de Abril, uma data para ser esquecida............ ou para ser constantemente rememorada, para que tais atos não venham a ocorrer novamente, não só no Paraná, mas em lugar nenhum do Brasil, quiçá do mundo, mas como somos Brasileiros, vamos nos ater sómente à nossa Pátria-Mãe-Gentil.

 

Não vou me estender no assunto, pois o mesmo foi farta e amplamente divulgado pela imprensa falada, escrita, televisada no Brasil e no mundo.

É inadmissível que em pleno Século XXI ainda ocorram despautérios dessa proporção, ocasionados por pessoas eleitas pelo povo e ..................... volto a repetir algo que sempre digo: "O poder emana do povo, pelo povo e para o povo".

Como explicar então, a proibição do povo entrar na Assembléia Legislativa que é a CASA DO POVO?

Repudio veementemente acontecimentos como esse e............. como hoje ocorreu um desagravo com o título de "SOMOS TODOS PROFESSORES", saliento algo que escrevi todos esses dias nas redes sociais:

Nos países mais aculturados poderia assim dizer, o professor é acatado, valorizado e reverenciado! aqui no Brasil ele é achincalhado, desautorizado e massacrado e.............. vejam bem, não sómente pela força excessiva utilizada pela Polícia Militar a mando do Secretário de Segurança e do Governador, a pretexto do cumprimento de Mandado Judicial, não! é massacrado pela desvalorização como profissional, quando deveria ser exatamente o contrário, pois sem professores para ensinar, não haveriam profissões, etc, etc........ mas também é mal remunerado, cumpre jornadas extenuantes muitas vezes, é desconsiderado, desrespeitado por jovens e adolescentes, num mundo em que ocorre atualmente, uma inversão de valores total e ............ por aí vai.

Num passado não muito distante, perguntava-se para as garotinhas o que gostariam de ser quando crescessem e, a resposta vinha rápida, na ponta da língua: PROFESSORA! EU QUERO SER PROFESSORA com um misto de admiração e orgulho.

HOJE? sei não................. sei não.

Minha simpatia e solidariedade, ampla, geral e irrestrita a toda a classe de servidores do Paraná e do Brasil, mórmente à classe dos professores.

Serenidade, cultura, educação, conhecimento, tudo isso também acredito eu seja sinônimo de SOBRIEDADE.

Encontrei algumas, aliás, muitas informações importantes no www.galenoalvarenga.com.br, do Dr. Galeno Alvarenga (Psiquiatra e Neuro-Cientista) que desdobrarei prá vocês agora, a respeito dos BENZODIAZEPÍNICOS.

Os benzodiazepínicos produzem cinco efeitos principais no organismo: sedativoshipnóticosansiolíticosrelaxantes musculares e anticonvulsivantes

Os benzodiazepínicos são utilizados pela medicina, no tratamento da ansiedade, insônia, agitação, apreensões, espasmos musculares, abstinência do álcool e como pré-medicação nos procedimentos médicos ou odontológicos.

Os efeitos colaterais mais comuns dos benzodiazepínicos estão relacionados à sua ação sedativa e relaxante muscular, variando de indivíduo para indivíduo. A sedação produz a depressãosonolênciatonturasdiminuição da atenção e concentração. A falta de coordenação muscular pode resultar em quedas e lesões, especialmente entre os idosos, além da dificuldade para andar. A diminuição da libido edificuldade em ter ereção é um efeito colateral comum. A desinibição pode surgir levando a pessoa a ter uma conduta social inconveniente.

Os benzodiazepínicos são comumente utilizados abusivamente e tomado em combinação com outras drogas de abuso. Em geral, os benzodiazepínicos são seguros e eficazes durante poucos dias, apesar dos prejuízos cognitivos e comportamentais, tais como a agressão e desinibição que podem ocorrer ocasionalmente.

Os benzodiazepínicos tomados em overdoses podem causar inconsciência perigosa e profunda.  No entanto, eles são muito menos tóxicos que seus antecessores, os barbitúricos (Gardenal, etc.). A morte raramente resulta quando um benzodiazepínico é a única droga tomada. Ele, junto a outros depressores do sistema nervoso central (álcool e opiáceos), gera um aumento da toxicidade.

Alguns benzodiazepínicos (entre eles o Rivotril) são também usados nas crises mioclônicas (contrações musculares súbitas e involuntárias), ausências (perda transitória de consciência), crises convulsivas tônico-clônicas e ainda, no tratamento da Doença do Pânico.

 

Gostaria de contar novamente, que eu tomava baldes dessa substância cruzando com o álcool, e ficava tri-louco; qual não foi minha surpresa, ao efetuar consulta há alguns anos com um Psiquiatra renomado de nossa região, que queria me receitar Lexotan.

Eu, com toda reverencia e paciencia, expliquei ao Dr. cidadão, que sou adicto, e, que não tomaria aquele medicamento pois o consumia num passado não muito distante de baldes (foi esse o termo que usei) e, que cruzava a referida substância com álcool afim de "chapar o côco".

Qual não foi minha surpresa, quando o Dr.cidadão argumentou: mas Benatti, isso não causa dependência! POW POW POW POW POW. EU QUERO ACREEEEEEEEEDITAR!!!!

Não posso acreditar, que o Dr.Cidadão seja mal informado, mas algumas pessoas, inclusive profissionais da área não acreditam que a doença da adicção é progressiva, incurável e fatal, e daí.............. me perdoem o que vou dizer, ficam dizendo bobagens a pessoas mal informadas, ou............. "bem-informadas" que se aproveitam de tal forma de pensamento, para conseguir por exemplo receituário de medicamentos controlados, que é o que eu fazia antigamente à exaustão para conseguir os referidos medicamentos.

Em algumas outras ocasiões, trabalhando eu em Comunidades Terapêuticas, vinham até mim residentes reclamando que o Dr.Cidadão havia dito que eles estavam a 7, 8, 9 meses abstêmios e............... que ao sair do tratamento, passado algum tempo, poderiam tomar uma "cervejinha" controladamente, moderadamente.

EU QUERO ACREEEEEEEEEEEEEEEEEEDITAR NOVAMENTE!

NÃO EXISTE ADICTO SOCIAL! uma vez instalada a doença, é para o resto da vida e........ prá mim que sou adicto, um qualquer coisa é muito ( copo de cerveja, um baseado, uma carreira, um rivotril ), porque depois que eu fizer uso desse primeiro qualquer coisa, um caminhão de qualquer coisas será pouco.

Sou obsessivo e compulsivo, duas das principais características de minha doença.

Não faço uso de qualquer substância que altere meu humor, que altere minha capacidade de raciocínio, que altere uma ou mais funções como na definição de drogas da Organização Mundial de Saúde.

Por isso auto-medicação não tá com nada. Deve-se buscar ajuda especializada (sempre), e............ pessoas que realmente saibam aquilo que estão dizendo e fazendo.

 

Pode ocorrer dependência quando da terapia com benzodiazepínicos. O risco é mais evidente em pacientes em uso prolongado, altas dosagens e particularmente em pacientes predispostos, com história de alcoolismo, abuso de drogas, forte personalidade ou outros distúrbios psiquiátricos graves.

No sentido de minimizar o risco de dependência, os benzodiazepínicos só devem ser prescritos após cuidadosa avaliação quanto à indicação e devem ser administrados por período de tempo o mais curto possível. A continuação do tratamento, quando necessária, deve ser acompanhada bem de perto. A duração prolongada do tratamento só se justifica após avaliação cuidadosa dos riscos e benefícios.

GALERA! TODO E QUALQUER MEDICAMENTO, DEVE SER USADO APENAS COM RECEITUÁRIO, SUPERVISÃO E ACOMPANHAMENTO MÉDICO.

 

EM JACAREZINHO GLOBO AM.1550  BOTA AMIZADE NISSO!!!!