SITE DO BLOG SOBRIEDADE

VOCÊ NÃO QUER SER UMA DROGA DE SER HUMANO NÃO É?

VOCÊ NÃO QUER SER UMA DROGA DE SER HUMANO NÃO É?

 

BOA NOITE GALERINHA DO BEM!

09 DE AGÔSTO DE 2.018!

Resultado de imagem para 09 de agosto dia internacional dos povos indigenas

 

MINHA MÃE DIZIA

minha mãe dizia 

— ferve, água! 
— frita, ovo! 
— pinga, pia! 

e tudo obedecia 

Paulo Leminski

O tempo não pára! Só a saudade é que faz as coisas pararem no tempo...

Mario Quintana

 

 

 

CRACK E ÁLCOOL >>>>>>> DROGAS

DA VIOLÊNCIA E DA PROMISCUIDADE!

PENSEM NISSO! 

Deixa eu cobrar: autoridades competentes! todos os dias tem muuuuuuuuuuita gente morrendo vítimas de motoristas irresponsáveis alcoolizados ao volante!

A LEI SECA TÁ AÍ............... é crime! tem que haver punição.

Agradeço a informação do g1.globo.com/paraná tempos atrás, e me deparei com o seguinte comentário: "Se não obedecerem o limite de velocidade e não deixarem de dirigir depois de ingerir bebidas alcoólicas, não teremos segurança nas estradas - Armando Almeida o qual agradeço também.

Se a lei não for aplicada duramente, entrará ano, sairá ano e continuaremos com o festival de horrores patrocinado por motoristas irresponsáveis que não valorizam a vida e............ é muito triste dizer isso, mas na maioria dos acidentes provocados pelos bêbados irresponsáveis, são famílias inteiras destroçadas pela fatalidade, e geralmente o cidadão, a cidadã que cometem esse tipo de transgressão (crime), sai sempre ileso. 

Hola que tal?

Mandei este post em lá em 2.012, mas a história é extremamente atual e, fala das consequências do uso/abuso de uma droga que têm causado problemas imensos a todos usuários, por ocasionar dependência muito mais rápidamente e, por estar associada à violência e à promiscuidade.

Aposto que têm muita gente que vai até se identificar com os "personagens"; digo personagens mas é vida real, é real life e continuam acontecendo casos idênticos em todos os cantos do País, quiçá do mundo.

Aliás isso que está relatado no post, ouvi não foi uma nem duas vezes de mães de adictos, desesperadas, impotentes, vendo a família desmoronar, assistindo a destruição de tudo aquilo que foi construído durante anos e anos a fio, com muito sacrifício, em função da doença de um/uma ente querido, em função da doença da Adicção.

É triste, mas é real, muito real.

Tenho certeza que irão gostar e não suprimi nada, nem a nota triste sobre a perda de mais um "soldado do bem", vítima na Guerra contra as drogas".

Vão vendo e "ficando espertos" quem for o caso, pois como diria um célebre filósofo amigo meu: " Benatti: O BAGUIO É LOUCO"

Notícia muito ruim, muito ruim! a doença da adicção ocasionou a morte de mais um afilhado à época do lançamento do post.

Muito triste, muito triste! pelo pouco que soubemos o carinha (não vou citar o nome) tava bêbado, chapado e caiu nas águas de um rio que passa aqui por nossa cidade e morreu afogado.

Que Deus possa ter misericórdia da sua alma pois apesar dos pesares, era uma alma pura.

Perdemos mais um soldado, mas a luta continua.

Só por hoje continuamos e "tamu juntus". 

VOCÊ QUER SE TORNAR UMA DROGA DE SER HUMANO?

Vou começar falando da soldado Flávia Louzada lá em 2.015 que segundo apurei, pertence à Corporação da Polícia Militar do Rio De Janeiro e, que atendeu a um chamado via 190 de uma senhora de 65 anos que morava à época com o filho drogadicto de 38 anos, que estava alterado e que inspirava profundo temor na referida senhora. 

A senhora começou a relatar à soldado que o filho havia sido mandado embora do trabalho por ser usuário/dependente de drogas (crack), que havia gasto toda a rescisão contratual e que ela não o queria mais em sua casa.

A soldado perguntou à senhora, se o filho havia lhe agredido, se havia lhe roubado? Não! foi a resposta e a referida senhora ajoelhou-se perante a soldado e suplicou ajuda.

A soldado sem saber muito bem o que fazer pedia calma e, o rapaz na calçada dizia impropérios à mãe como sua vaca........... e outras palavras pejorativas.

A soldado então disse à senhora que não poderia simplesmente algemá-lo e levá-lo pois ele não havia roubado nada, não havia agredido ninguém e muito menos estava de posse de drogas e, que se o levasse à delegacia, seria solto.

Foi então que a senhora aos prantos perguntou: não tem como matá-lo?.

A soldado relata o seguinte: não! foi a resposta dada à senhora e se emocionou pensando porque aquele ser humano que amava óbviamente o filho, estaria jogando a toalha?.

 

A senhorinha então retrucou: " você deve estar me achando a pior das mães, mas eu não aguento mais; se ele morresse, pelo menos descansaríamos, eu e ele.

 

E continua o relato: tirou uma folha de papel amarelada escrita com letras infantis "Mamãe eu te amo" e disse: meu bebê não existe mais, só "Esse aí".

Enquanto a soldado tentava de alguma maneira ajudar a pobre senhora, ligando para tentar interná-lo, o rapaz fugiu, não sem antes dizer: " sua vaca, você me paga" no que só restou à soldado levá-la à delegacia para dar queixa de ameaça e, no caminho ouviu o relato que: estamos cansados de ouvir sobre ter que esconder tudo dentro de casa, trancar quartos e cômodos com cadeados etc, etc, etc.

A soldado tinha vontade de dizer à senhora que tudo iria dar certo, mas como dizer a ela que era uma mãe de luto por um filho vivo, um corpo dominado pelas drogas?

A soldado finaliza dizendo que chegou em casa, orou por aquela mãe e que queria ter filmado aquela cena para mostrar a todos aqueles que defendem a legalização das drogas.

Não vou entrar no mérito da questão, só elogiar novamente a soldado pela compreensão e pela humanidade em continuar se emocionando com fatos que tenho certeza serem corriqueiros no dia a dia de um/uma policial.

E também, não vou crucificar o rapaz pois realmente como disse a soldado, o mesmo tornou-se um corpo dominado pelas drogas e, queira Deus que o mesmo possa encontrar o caminho da sobriedade o que aliás é possível sim, para qualquer um que se esforce e queira (a essas alturas do Campeonato, Deus queira que tenha encontrado).

Enquanto isso, o Fantástico tempos atrás, apresentava reportagem mostrando que novas drogas continuam aportando no país, tipo a maconha sintética e outras "merdas" mais................


Falo um pouquinho também do relatório da UNODC (UNITED NATIONS OFFICE ON DRUGS AND CRIME) que diz entre outras coisas que: " As drogas ilícitas alimentam o crime e a insegurança, ao mesmo tempo em que minam os direitos humanos e representam sérios riscos à saúde "

" A heroína, a cocaína e outras drogas continuam matando cerca de 200.000 pessoas por ano, devastando famílias, levando à miséria milhares de pessoas, bem como gerando insegurança e a disseminação do HIV", assim disse o Diretor da UNODOC, Yuri Fedotov.

SOBRE O ÁLCOOL ENTÃO.................... E O CRACK? 

Só prá não perder o costume, mas já sabendo que "elezinho" não está nem um pouco interessado nisso: Doutor Michel? cadê a grana do "CRACK É POSSÍVEL VENCER?".

Vou manter o vídeo abaixo, pois é muito elucidante sobre o tema, vale a pena assistir e refletir.



Galerinha do bem! ÁLCOOL É DROGA - MACONHA É DROGA
" SER HUMANO: SE VOCÊ DISSER NÃO ÀS DROGAS, NÃO SERÁ UMA DROGA DE SER HUMANO " (essa vou reservar os direitos).

HUMM! NÃO ESQUECE DE DAR UMA CLICADINHA NOS BANNERS DE NOSSOS PARCEIROS/ATROCINADORES. VISITE OS SITES! VAI LÁ TAMBÉM! VOCÊ VAI SE SUPREENDER.

E OLHA SÓ QUE LEGAL! VOCÊ NÃO PRECISA SE DESLOCAR ATÉ O CENTRO DA CIDADE PRÁ ENCONTRAR MEDICAMENTOS COM AQUELE PRECINHO ESPECIAL.